Cofetel, do México, abre mercado aos revendedores de serviços

O órgão regulador das telecomunicações mexicano, Cofetel, estabeleceu nesta semana um novo critério para a aprovação de pedidos de licenças de revendedores para a oferta de telefonia doméstica e outros serviços. O órgão disse que vai aprovar todas as requisições do Ministério das Comunicações e dos Transportes para a revenda de serviços de telecomunicações de qualquer tipo, tendo como critério que esses serviços sigam a lei federal de telecomunicações. Em agosto de 2005, o Ministério dos Transportes abriu o mercado de revenda de serviços nacional e internacional de telefonia de longa distância. Naquela época a Cofetel propôs a abertura gradual do mercado de TV paga, linhas fixas e móveis e de dados em até 21 meses. Para a Cofetel, uma regulamentação específica para a abertura desses mercados não era necessária. Já que os serviços operavam sobre a rede rede pública de telefonia, os revendedores estariam sujeitos as mesmas regras das concessionárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.