Gartner prevê desaceleração no abastecimento de celulares no mundo

A promessa para o mercado global é que as remessas de dispositivos em geral (incluindo PCs, tablets, smartphones e "ultramóveis") cresçam menos que o esperado: 1,5% em 2015, totalizando 2,5 bilhões de unidades, segundo expectativa do Gartner divulgado nesta quarta, 15. No entanto, o único mercado que continua a crescer é o de celulares, apesar de haver uma desaceleração de 3,3% no crescimento do segmento no ano devido ao desempenho mais fraco na China.

Notícias relacionadas
Por sua vez, o segmento ultramóvel deverá totalizar 214 milhões de unidades enviadas ao mercado no período, queda de 5,3% em relação ao ano passado. Desses, a imensa maioria é de tablets: 207 milhões de unidades. Ainda assim, trata-se de uma queda de 5,9%. Como fator agravante, o Gartner aponta a expansão do ciclo de vida desses aparelhos, que deverá ser estendido para três anos até 2016, quando se estima que a penetração chegue a 50% em mercados maduros.

Segundo a empresa, a previsão em geral de aumento de 1,5% neste ano está aquém da estimativa realizada no trimestre anterior, quando se acreditava que haveria aumento de 2,8% em 2015. Esse recuo se dá por conta da queda de vendas de PCs, particularmente na Europa Ocidental, Rússia e Japão. O Gartner acredita que os usuários gastarão US$ 606 bilhões com esses dispositivos neste ano, um recuo de 5,7% – algo inédito em cinco anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.