Publicidade
Início Teletime GVT iniciará operação em cidade acima de 1 milhão de habitantes

GVT iniciará operação em cidade acima de 1 milhão de habitantes

Dando continuidade à expansão de suas operações que alcançam 74 cidades, a GVT planeja investimentos de R$ 700 milhões neste ano. Depois de anunciar serviços fora da região II, em Belo Horizonte e Contagem, em Minas Gerais, iniciará operações em uma cidade acima de 1 milhão de habitantes, informa o vice-presidente de varejo da GVT, Alcides Troller, durante a teleconferência de resultados do segundo trimestre nesta terça-feira, 15.
Segundo o executivo, a empresa continuará a se expandir de forma gradual para outras praças, aproveitando a entrada em vigor da portabilidade numérica que permitirá redução do custo de aquisição do cliente e investimentos em marketing. Para apoiar sua estratégia a empresa aguarda a liberação de um financiamento de R$ 500 milhões do BNDES em três anos, começando em 2008, informa Rosangela Sutil de Oliveira, diretora de relações com investidores.
Os investimentos deste ano serão voltados à aquisição de equipamentos e aumento da capacidade da rede. A Geodex, adquirida pela GVT em dezembro do ano passado, e que fornece um terço da capacidade de rede da companhia, já foi totalmente integrada à Unidade de Negócios Corporativa. Não estão planejadas novas aquisições.

Notícias relacionadas

Crescimento

A GVT teve bons resultados no segundo trimestre de 2008 com receita líquida de R$ 317 milhões, 35,5% maior que no mesmo período do ano passado, e elevação de 35% no lucro líquido que atingiu R$ 58 milhões. O Ebitda cresceu 44%, totalizando R$ 118,8 milhões, e a margem no período alcançou 37,5%, 2,2 pontos percentuais maior que o mesmo período de 2007.
A empresa encerrou o mês de junho com 1,54 milhão de linhas em serviço, com a adição de 165.847 no período, volume 156% maior que o obtido no segundo trimestre do ano anterior. A banda larga cresceu 149% em adições líquidas sobre o mesmo período de 2007 totalizando 351.550 acessos.

IPTV

A GVT desacelerou seus planos de lançamento dos serviços de IPTV (vídeo sobre IP) aguardando os desdobramentos do PL-29, projeto em tramitação na Câmara dos Deputados que trata do mercado de TV por assinatura e do audiovisual. Segundo Troller, já foram selecionados dois fornecedores que vão iniciar testes do serviço em alguns clientes. Mas o lançamento comercial está previsto apenas para 2009.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile