Claro passa a aceitar pagamento de recarga com cartão virtual da Caixa

Foto: Tofros.com / Pexels

A Claro anunciou nesta sexta-feira, 15, que passou a aceitar pagamento de recargas de celular pré-pago por meio do cartão de débito virtual da Caixa Econômica Federal. Segundo a operadora, a ideia é "estimular o isolamento social no período de pandemia de coronavírus" (covid-19). A tele promete que, até o final de junho, esse recurso poderá ser aceito em todos os canais digitais da operadora. 

O objetivo da empresa é também alcançar a população que passou a ser bancarizada. O cartão da Caixa é uma opção de uso para as novas contas criadas para o pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 criado pelo governo federal. 

Conforme descreve a Claro, o cartão virtual foi disponibilizado pela Caixa para mais de 100 milhões de correntistas de forma gratuita. Ele pode ser gerado através do aplicativo do banco, o Caixa Tem, e utiliza um código de segurança. Clientes da instituição com conta corrente ou poupança também têm acesso ao cartão de débito virtual. 

O acesso para a compra da recarga pode ser feito por meio do site Claro Recarga, bem como pelo aplicativo de mesmo nome. O cliente pode utilizar ainda ligações para *555; SMS para 555; e canal interativo digitando *555# (seguindo as orientações apresentadas na tela do celular). 

Segundo comunicou a operadora, foi ampliada a divulgação e expansão das funcionalidades e meios de acesso aos canais de relacionamento digital. A ideia é dar mais agilidade no atendimento de demandas relacionadas à emissão de segunda via e pagamento da fatura; consulta de sinal dos produtos (TV, Internet fixa e telefonia); pacotes e promoções; recarga de serviços pré-pagos; e solicitação de serviços e reparos emergenciais. A Claro também conta com atendimento por meio do site da empresa, nos aplicativos Minha Claro residencial e Minha Claro móvel, além do suporte por WhatsApp no número (11) 99991-0621.

1 COMENTÁRIO

  1. Facilitar? Se o intuito fosse mesmo "facilitar", estariam oferecendo o débito online, como faz a Netflix e o Spotify. Não adianta, essas empresas antigas continuam nos tratando como macacos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.