Nordeste Conectado terá WiFi da Linktel em 16 cidades de sete estados

Executado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), o projeto Nordeste Conectado do Ministério das Comunicações (MCom) terá atendimento da Linktel para oferta de WiFi em 31 praças de 16 cidades nordestinas.

O acordo, anunciado pela operadora, prevê a entrega dos pontos até dezembro de 2022. As cidades contempladas estão espalhadas por sete estados:

  • Alagoas: Maceió
  • Bahia: Feira de Santana, Juazeiro e Paulo Afonso
  • Ceará: Crateús, Iguatu, Juazeiro do Norte e Quixadá
  • Paraíba: Campina Grande
  • Pernambuco: Caruaru, Petrolina, Serra Talhada e Vitória de Santo Antão
  • Piauí: Parnaíba
  • Rio Grande do Norte: Caicó e Mossoró.
Notícias relacionadas

"São importantes cidades e pólos industriais do interior nordestino que estão em pleno desenvolvimento. Nossa intenção é contribuir, com a operação dos pontos WiFi, na democratização do acesso, contribuindo na educação da população local", afirmou o presidente da Linktel, Jonas Trunk.

Já o diretor de engenharia e operações da RNP, Eduardo Grizendi, afirmou que além do apoio para operação e manutenção dos pontos nas praças públicas, a iniciativa também deve difundir a rede de WiFi acadêmica eduroam, na qual a Linktel é parceira.

O projeto Nordeste Conectado tem como meta a promoção do tráfego de dados a partir da rede de fibra óptica da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), possibilitando tanto a implantação/expansão de redes metropolitanas quanto a instalação de WiFi em praças.

Deixe seu comentário