Oi cresce em banda larga, celular e TV por assinatura em 2009

Se do ponto de vista financeiro o ano de 2009 foi de índices mais fracos em relação a 2008, em termos operacionais o ano foi melhor para a Oi. Em 31 de dezembro, a empresa somava 61,9 milhões de unidades geradoras de receita. Isso representa um crescimento de 10,6% em 12 meses. A maior parte do aumento aconteceu na telefonia móvel, que acrescentou 6,1 milhões de linhas ao longo de 2009, encerrando o ano com 36,11 milhões de linhas em serviço, das quais 84% eram pré-pagas. A Oi tinha 469 mil clientes com linhas 3G ao fim de dezembro. A receita média por usuário (ARPU) da Oi no quarto trimestre foi de R$ 22,5, valor 3,8% inferior ao mesmo período do ano passado.
O serviço de banda larga fixa registrou um aumento de 10,2% em sua base, alcançando a marca de 4,21 milhões de assinantes, o que representa 19,5% do total de linhas fixas da empresa. Para este ano, a Oi já anunciou o plano de passar a oferecer o serviço Velox em todas as cidades de sua área de atuação.
Em TV por assinatura, houve adição de 173 mil clientes em 2009, encerrando o ano com 234 mil. O serviço de DTH, que impulsionou esse crescimento, foi lançado no meio do ano e está disponível, hoje, em cinco estados do país – Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

Notícias relacionadas
A base de usuários de telefonia fixa, por sua vez, sofreu uma redução de 3,5%, caindo de 22,07 milhões de linhas para 21,29 milhões, repetindo uma perda de base também registrada na operação de outra concessionária, a Telefônica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.