Emissoras estão próximas de escolher satélite da migração da TVRO, diz Abratel

Samir Nobre, diretor geral da Abratel

Associações que representam as radiodifusoras e o setor de satélite acreditam que conseguirão cumprir cronograma para a limpeza da banda C para permitir o lançamento do 5G. Há preocupação com fornecedores, mas a migração para a banda Ku começa a se desenhar no horizonte: o prazo para a escolha do satélite que receberá os canais da TVRO expira no próximo dia 10 de março.

De acordo com Samir Nobre, diretor geral da Abratel, a expectativa é de que a data será respeitada. "A informação das emissoras é que a negociação com operadoras de satélite está em estágio avançado e será feita a indicação do satélite [em breve]", declarou. 

Nobre destacou ainda a indicação de canais para a migração, etapa que foi encerrada no último dia 24 de janeiro. "Foi um sucesso, mais de 200 entidades mostraram interesse na banda Ku", comemora.

Notícias relacionadas

A maior preocupação da Abrasat é com fornecedores dos kits. "Acho que a gente tem que olhar para os equipamentos dos quais vamos precisar e que talvez não estejam disponíveis no mercado", diz o presidente da entidade, Fábio Alencar. Como exemplo, cita os filtros LNBF da banda Ku. 

A opção tecnológica e o e o plano de fornecimento podem não ser compatíveis com os prazos iniciais, mas também a manutenção do projeto nos próximos anos preocupa. "No médio prazo, em 2023 ou 2024, vamos precisar de milhões de unidades, com a máquina toda funcionando."

Fábio Alencar e Samir Nobre participaram nesta terça-feira, 15, do Seminário Políticas de (Tele)Comunicações, evento virtual organizado por TELETIME e pelo Centro de Políticas, Direito, Economia e Tecnologias das Comunicações (CCOM/UnB) e que continua na quarta-feira, 16. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.