Embratel demitirá 350 funcionários

A Embratel planeja demitir 350 funcionários este mês, com foco principal sobre empregados prestes a se aposentar. ?Trata-se de um programa de demissões incentivadas. Com isso poderemos fazer alguns ajustes de perfil na companhia?, explicou o diretor de recursos humanos da operadora, Joaquim de Sousa Correia. A lista de nomes já foi divulgada e abrange todas as áreas da companhia.
Fontes próximas à operadora afirmam que os planos da Embratel seriam de demitir mais funcionários, chegando a 600 pessoas nesse começo de ano, principalmente das áreas operacional e administrativa. Correia, entretanto, garante que não há intenção de fazer novas demissões em massa em 2003. Hoje a companhia tem cerca de 7,2 mil empregados.

Telos

Notícias relacionadas

Outro ponto de atrito atualmente entre a Embratel e seus funcionários é a proposta da companhia de reduzir a correção anual das aposentadorias de IGP-DI +6% para IGP-DI +3%. O assunto deverá ser discutido no âmbito da Secretaria de Previdência Complementar (SPC).
A Associação dos Assistidos da Telos (Asastel) ameaça entrar na Justiça caso a redução seja aprovada. Como argumento, a entidade apresentará o edital de privatização da Embratel, no qual consta uma cláusula exigindo que o comprador mantenha a Telos nas condições vigentes no momento da aquisição da empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.