Telecom Italia aceita oferta pela operação argentina por US$ 960 milhões

A Telecom Italia comunicou ao mercado nesta quinta-feira, 14, que aceitou a oferta do Fintech Group pela Telecom Argentina pela quantia de US$ 960 milhões. A transação envolve a transferência total do controle que o grupo italiano tem (representando 22,72% do capital) sobre a operadora argentina por meio das subsidiárias Telecom Italia International, Sofora Telecomunicaciones, Nortel Inversora e Tierra Argentea.

A transação, assim, confirma meio caminho andado do plano industrial 20140-2016 divulgado na semana passada pelo grupo italiano, agora sob comando do CEO Marco Patuano, com o objetivo de levantar 4 bilhões de euros para reduzir o endividamento de 28,2 bilhões de euros (dados do terceiro trimestre) da empresa. Junto à bem sucedida emissão de 1,3 bilhão de euros em títulos conversíveis em ações ordinárias, a venda do ativo argentino consegue levantar mais 714 milhões de euros, totalizando cerca de 2,1 bilhões de euros. Os demais 2 bilhões de euros perseguidos pela Telecom Italia serão conseguidos com a venda de demais ativos, como torres na Itália e no Brasil, e com a oferta de negócios de mídia.

Do valor total de US$ 960 milhões, US$ 859,5 milhões serão pagos da seguinte forma: US$ 750,8 milhões serão com a venda de 68% das ações votantes da Sofora; US$ 61,2 milhões com a venda de 15 milhões de ações de classe B da Telecom Argentina (representando 1,58% das ações preferenciais); e US$ 47,5 milhões com a venda de 2,3 milhões de ações depositárias americanas (ADS). A venda dos papeis detidos pela Tierra Argentea deverá acontecer até o final do ano, enquanto as da Sofora aguardam aprovações regulatórias.

Os US$ 100,5 milhões restantes serão pagos com "acordos relacionados à transação", incluindo um contrato para continuar a prover suporte técnico e outros serviços às companhias da Telecom Argentina por até três anos. Além disso, a transação prevê a renúncia de "certos direitos" da Telecom Italia em relação a um acordo feito entre a operadora argentina e o Werthein Group, que continuará com 32% das ações com direito a voto da Sofora. Outra condição: o Fintech terá de pagar a quantia já reservada para dividendos da Telecom Argentina caso esses títulos não sejam pagos antes do fechamento da transação.

A holding italiana afirmou que recebeu algumas garantias do Fintech, como a emissão de ações depositárias americanas da Nortel no valor de US$ 100 milhões. Uma oferta pública deverá ser feita pelo Fintech para as ações de negociação pública da Nortel e da Telecom Argentina logo após a finalização da venda das ações da Sofora.

No comunicado, a Telecom Italia afirmou que o Fintech expressou a intenção de "garantir o preenchimento dos planos do grupo Telecom Argentina focados no desenvolvimento de sua infraestrutura de telecomunicações e na melhoria dos serviços de qualidade". Com a venda do negócio sul-americano, a holding italiana concordou em continuar dando suporte à operadora argentina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.