Netflix negocia distribuição em set-tops de TV a cabo nos EUA

Semanas depois de anunciar a disponibilidade nos serviços Virgin Media e Hem, no Reino Unido e na Suécia, respectivamente, a Netflix pode estar selando acordos com empresas de cabo equivalentes nos EUA.

De acordo com o Wall Street Journal (WSJ), o serviço over-the-top (OTT) está negociando distribuição com alguns prestadores, incluindo a Comcast e a Suddenlink Communications, para tornar o seu serviço de vídeo on-line disponível como um aplicativo em seus set-top boxes.

O WSJ apontou que as negociações estão em estágio inicial e nenhum acordo é iminente. Mesmo assim, os rumores alimentam a percepção crescente de que a Netflix, e todo o mercado de vídeo on-line, em geral, estão entrando em uma segunda fase em suas respectivas evoluções.

Ser capaz de oferecer a Netflix como um canal seria uma considerável vantagem competitiva para as operadoras de cabo, que acreditam que a oferta do serviço da Netflix estimulará uma maior aceitação de seus serviços.

Apesar do sucesso com a Virgin e a Com Hem, a Netflix disse que ao WSJ que encontrou um ponto de dificuldade nas conversações com pelo menos dois operadores. O serviço OTT insiste que os operadores de cabo levem não só o seu conteúdo, mas também sua tecnologia concebida para melhorar a entrega de seu vídeo streaming. A tecnologia seria parte do programa Netflix Open Connect, compreendendo servidores especiais que a empresa pretende ligar diretamente nas redes dos prestadores de banda larga. No entanto, o WSJ diz que a Comcast – assim como a Time Warner Cable, AT & T e Verizon Communications – se recusaram a usar a tecnologia, temendo que essa solução poderia levar outros serviços on-line a pedir alojamento similar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.