Publicidade
Início Teletime Controlador da Oi critica rede de banda larga controlada pelo Estado

Controlador da Oi critica rede de banda larga controlada pelo Estado

O presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, declarou nesta quarta, dia 14, que o melhor modelo para um Plano Nacional de Banda Larga é o que já existe, ou seja, baseado em empresas privadas que explorem o serviço. A Andrade Gutierrez é acionista controladora da Oi. Ao ser perguntado sobre uma eventual competição entre a Oi e uma rede estatal de telecomunicações Azevedo disse: "essa outra opção eu não considero. Que governo falou em rede pública? Quem falou? Vamos ver o que o presidente Lula vai falar antes. Eu concordo com uma rede pública, oferecida pelas empresas. Apoiamos um plano de banda larga que envolva as empresas". Para o executivo, o modelo a ser colocado ainda precisa ser pensado. "O uso da rede da eletronet, que é uma rede privada, pois o governo só tem 49% dela, é uma boa ideia, porque é uma rede privada. Mas a Telebrás é uma empresa que deveria estar extinta, foi uma decisão do País acabar com ela, não faz sentido recriá-la". Para Azevedo, o governo atuar como operador não é algo ruim, "mas não é necessário, o governo tem outras prioridades", disse. Para a Andrade Gutierrez, falta estabelecer uma política sobre esse tema. "O ministro Hélio Costa tem feito um bom trabalho de estabelecer essa política juntamente com as empresas", disse Azevedo. Para o executivo, "as pessoas já pagaram pela universalização ao pagarem o Fust, que está contingenciado". Para Azevedo, colocadas as diretrizes políticas e sendo um plano sustentável, as empresas, especialmente a Oi, estarão dispostas a ajudar o governo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile