Publicidade
Início Newsletter Huawei: Brasil terá a “década de ouro” com o 5G

Huawei: Brasil terá a “década de ouro” com o 5G

CEO da Huawei Brasil, Sun Boacheng

A Huawei acredita que o momento atual seja a “década de ouro” para o 5G no País. Durante participação no Painel Telebrasil 2021 nesta terça-feira, 14, o CEO da companhia no Brasil, Sun Baocheng, apontou a tecnologia está crescendo globalmente mais rápido do que as gerações anteriores. E a ideia é poder capturar essa oportunidade no Brasil.

“Precisamos construir qualidade e novas capacidades”, afirmou o executivo. Ele cita estudos que apontam que o valor das redes está “diretamente ligado à cobertura e à experiência”. Ou seja: com maior alcance e uma rede resiliente, o usuário poderá utilizar o 5G na forma como preferir. “Precisamos otimizar o TCO [custo total de propriedade] da rede e reduzir o Opex”, destacou. 

Uma das iniciativas citadas por Baocheng é a de agregação de portadora com 3,5 GHz e 2,1 GHz. Aliado ao recurso de múltiplas entradas e saídas massivo (M-MIMO), a empresa afirma conseguir chegar a um throughput de 1 Gbps em 98% da cobertura outdoor. A fornecedora destacou ainda soluções que reduzem o consumo energético.

Notícias relacionadas

A Huawei tem feito testes com 5G no Brasil, inclusive na própria linha de produção. O Armazém Inteligente, em Sorocaba (SP), tem a conectividade servindo de base para “cenários de aplicação”, com etiquetas digitais inteligentes, robôs AGV (veículos guiados e automatizados) que geraram melhoria de 25% na gestão e de 30% na logística. 

Sun Baocheng elogiou o sistema regulatório de telecomunicações brasileiro, colocando em perspectiva a quantidade de espectro que será disponibilizada no leilão do 5G. Para o executivo, o fato de também não ser um certame com viés arrecadatório deverá encorajar o ecossistema.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile