Dona da Vivo e NEC assinam acordo global para Open RAN, inclusive no Brasil

Photo by Karolina Grabowska from Pexels

O grupo Telefónica, dona da Vivo, assinou contrato global com a NEC para construir pilotos de Open RAN nos principais mercados da companhia espanhola: Espanha, Alemanha, Reino Unido e Brasil. A parceria anunciada nesta terça-feira, 14, acontece após os testes bem sucedidos com as duas empresas tanto na operação alemã quanto na britânica O2.

Os testes serão realizados nos quatro mercados e planejados para chegar a um total de "pelo menos 800 sites, planejados para uso comercial a partir de 2022". Por meio do acordo, a NEC atuará como principal integrador de sistemas para implantação e condução dos testes de soluções de redes de acesso móvel abertas. Até pela natureza da tecnologia, haverá "vários fornecedores". 

A companhia japonesa fornecerá ecossistema de soluções, além de softwares e hardwares parceiros. Serão estações radiobase (unidades de rádio – RU) 5G massive MIMO (mMIMO) abertas com beamforming avançado. A NEC diz que a tecnologia ajuda a aumentar e otimizar a capacidade de rede. 

Notícias relacionadas

Naturalmente, no Brasil, a fornecedora vai se aliar com a Vivo. Em comunicado, o presidente da NEC no Brasil, Angelo Guerra, afirmou: "Este é um primeiro passo para nos posicionarmos como um player estratégico na implantação das redes 5G com a arquitetura aberta. O conceito ORAN, que oferece inúmeras vantagens para as operadoras que optarem por ele, chega de fato ao Brasil e, consequentemente, à América Latina". 

Guerra prossegue: "Entre os impactos positivos, está a liberdade de montar a arquitetura da rede com um ecossistema formado pelos equipamentos que melhor se adequem às necessidades dela, independentemente da marca, liberando as teles do que chamamos de lock-in. Esta será uma relação de ganha-ganha entre fornecedores e operadoras e o projeto anunciado com a Vivo é muito relevante neste sentido".

Telefónica e NEC vão colaborar também para a validação e implementação de tecnologias Open RAN e de casos de uso no laboratório de tecnologia e automação do grupo espanhol em Madri. Segundo a fornecedora, esses cases incluem "Controladores Inteligentes de Rádio (RIC), baseados em IA para otimização de RAN, a automação do ciclo de vida do serviço com base em Gerenciamento e Orquestração de Serviços (SMO), o teste e automação de implantação de acordo com o framework de Integração e Entregas Contínuas (CI/CD) da Telefónica, assim como para a otimização da economia de energia". 

O centro de excelência global Open RAN (CoE) da NEC no Reino Unido liderará a integração e validação do ecossistema de fornecedores, além do desenvolvimento conjunto de casos de uso com a tele. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.