Verizon abre espaço para app stores privadas

Os clientes corporativos da operadora norte-americana Verizon Wireless agora podem criar app stores privadas dentro do portal da tele. Nelas, será possível disponibilizar títulos com acesso restrito a seus funcionários e parceiros. A solução foi batizada de "Loja privada de aplicativos para negócios" e faz parte da Verizon Apps Store, antigamente conhecida como VCast. Poderão ser incluídos sofwares de quaisquer sistemas operacionais, menos iOS.

Notícias relacionadas
Outra novidade apresentada pela operadora é o uso de uma ferramenta de busca de aplicativos chamada Chomp. Ela permite a pesquisa de softwares pelas suas funções, não simplesmente pelos seus títulos. Para tanto, utiliza um algoritmo que aprende sobre um aplicativo pesquisando informações sobre ele em outras lojas de aplicativos e em redes sociais. A Verizon apresentou as novidades durante um encontro com desenvolvedores nos EUA. As informações são do site Rethink Wireless.

Análise

A ideia da Verizon de permitir lojas privadas de aplicativos é uma importante ferramenta de fidelização de seus clientes corporativos. Facilita a distribuição de apps integrados aos sistemas de TI de cada companhia, sem comprometer a segurança. Pode ser especialmente útil para empresas que usem a operadora como provedora de linhas móveis, mas cujos funcionários tenham telefones com sistemas operacionais diversos. Em vez de precisarem publicar os aplicativos em lojas variadas ou ter que gerenciar remotamente a instalação em cada telefone, podem simplesmente incluir as múltiplas versões dos softwares de trabalho em uma única loja privada no portal da operadora. É bem provável que a ideia seja copiada por outras teles que tenham suas lojas de aplicativos próprias, nos EUA e no resto do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.