Anatel fará "pente fino" nos call centers das operadoras em setembro

A partir do próximo mês, os call centers das operadoras de telecomunicações serão alvo de fiscalização por parte da Anatel. Segundo Edílson Ribeiro, superintendente de radiofreqüência e fiscalização da agência, o objetivo é checar quais medidas estão sendo implementadas em favor do cumprimento da nova regulamentação, que vigora a partir de dezembro e não perdoará, por exemplo, pedidos de cancelamentos não efetivados em até 24 horas ou reclamações que não forem solucionadas em até cinco dias úteis.
Atualmente, entre as maiores queixas dos usuários junto ao call center da Anatel estão faturamento e cobrança indevidos (no topo da lista), atendimento, cancelamento e desbloqueio de linha, entre outras.
Em abril desse ano, os fiscais da agência realizaram uma vistoria e constataram um conjunto de irregularidades praticados pelas operadoras que gerou a abertura de diversos PADOs (Procedimento para Apuração de Descumprimento de Obrigações). "Encontramos uma situação que não nos deixou nada confortáveis. Logo, é melhor acompanhar bem de perto o processo."

Notícias relacionadas
Ainda de acordo com Ribeiro, a Anatel já está negociando um termo de cooperação com o DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor), ligado ao Ministério da Justiça, com o objetivo de promover a sinergia entre todos os órgãos de defesa dos direitos dos usuários. "O principal responsável por garantir o nível de excelência é a operadora. Não importa se esse atendimento é terceirizado ou não", enfatiza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.