Publicidade
Início Newsletter Governo diz que não prepara, por enquanto, aumento da carga tributária setorial

Governo diz que não prepara, por enquanto, aumento da carga tributária setorial

Na última quinta, 13, representantes empresas de telecomunicações peregrinaram nos ministérios da Fazenda e Planejamento em função dos rumores de que o governo poderia voltar à carga com a ideia de reajustar as alíquotas do Fistel. O resultado das reuniões foi melhor do que o esperado. Ouviram que o governo não tem planos imediatos de promover nenhum aumento de carga tributária que impacte o setor, ainda que, naturalmente, essa seja sempre uma possibilidade em função das contas públicas. Mas o principal receio, de um aumento do Fistel, parece estar distante. O receio do efeito negativo em função das mudanças na PIS/Cofins e nova Contribuição Social ainda permanecem, podendo gerar um impacto tributário de quase R$ 4 bilhões.

Os encontros serviram também para que o setor expusesse à área econômica do governo seus dados econômicos, que têm apresentado uma deterioração acentuada nos últimos  anos, comprometendo a capacidade de investimentos e geração de emprego. Hoje, telecomunicações tem rentabilidade pior do que qualquer aplicação financeira, margens inferiores às dos principais mercados e, de longe, a carga tributária mais acentuada.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile