Publicidade
Início Newsletter NIC.br terá ponto de interligação de rede em data center da Ascenty...

NIC.br terá ponto de interligação de rede em data center da Ascenty em Vinhedo

A empresa de colocation Ascenty e o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br) anunciaram nesta terça-feira, 14, um investimento conjunto para criação de um novo ponto de interligação de redes (ou PIX) do IX.br na região de Vinhedo (SP).

O projeto é resultado de extensão do IX.br em São Paulo, onde já existe um ponto de interligação de redes com data center da Ascenty. Segundo a dupla, a iniciativa deve reduzir custos para operadoras de Internet que atendem o interior do estado, mas que necessitam de conexão com os pontos de troca de tráfego na capital.

“A escolha do novo ponto de abrangência do IX.br foi consequência de um mapeamento estratégico e da necessidade de aproximação com o interior do estado“, afirmou, em comunicado, o gerente de infraestrutura do IX.br, Julio Sirota.

Notícias relacionadas

“Também consideramos a importância da conectividade aos data centers de grande porte, com capacidade para hospedar ISPs e provedores de conteúdo. O investimento em novas regiões cria uma maior capilaridade e aproximação, além de tornar a interligação e a troca de tráfego acessíveis para operadoras, ISPs e provedores de conteúdo”.

Já o executivo de produtos e soluções da Ascenty, João Walter, classificou o a nova estrutura do IX.br em Vinhedo como “um passo importante para a expansão da Ascenty em termos de infraestrutura e conectividade”. A empresa tem 19 data centers em operação e nove em construção na América Latina, além de 5 mil km de rede de fibra óptica proprietária conectada às estações de cabo submarino em Fortaleza, Rio de Janeiro e Praia Grande (SP).

O NIC.br mantém e opera o IX.br, projeto de infraestrutura para a interconexão direta entre redes de regiões metropolitanas. O volume agregado total de tráfego é da ordem de 22 Tbps, disponibilizando melhora de qualidade e redução de custo das trocas de tráfego na Internet.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário Cancelar resposta

Sair da versão mobile