Cisco: pandemia deu visibilidade para a tecnologia

Chuck Robbins, CEO da Cisco

Chuck Robbins, Chairman e CEO da Cisco, abriu a edição de 2022 do evento anual da empresa, o Cisco Live, com uma mensagem de otimismo para uma comunidade de parceiros e desenvolvedores na área de TI e conectividade: " Vocês garantiram a produtividade do mundo durante a pandemia. Aprendemos durante esse período que crises sempre existirão, mas que a tecnologia pode ser uma aliada poderosa", disse Robins. Ele ainda apontou como efeito positivo do período crítico vivido pela humanidade o fato de as pessoas terem entendido um pouco mais sobre a importância e o significado daquilo que empresas como a Cisco oferecem.

Mas Chuck Robins retoma os princípios colocados pela empresa como visão de futuro ainda em 2019, antes da pandemia, e ressalta que eles só se intensificaram no período: 1) Necessidade de reinventar as aplicações; 2) estimular o mundo híbrido, com atividades presenciais e remotas; 3) assegurar ambientes seguros; e 4)  transformar a infraestrutura.

Estes quatro visões de futuro, disse Robins, foram colocadas antes de o mundo viver as transformações que viveu nos últimos dois anos e meio e, segundo ele, a visão da Cisco só foi reforçada depois disso.

Notícias relacionadas

Um dos testemunhos trazidos pela Cisco foi o do presidente da Ford, Jim Farley, e sobre as parcerias que estão sendo desenvolvidas entre as duas empresas para o desenvolvimento de veículos mais inteligentes. "Uma coisa que me causa surpresa é que quando lançamos um recurso  digital (nos nossos veículos)  ele não é estático, ele pode ser melhorado depois. Isso nunca existiu na indústria automobilística e é uma das maiores transformações que já tivemos", disse ele, destacando a importância.

As parcerias entre as empresas vão desde automação das fábricas e veículos da Ford à instalação de aplicações como o Webex (de videoconferência) nos carros conectados. Mas passam também pelo esforço conjunto de conectar cidades e otimizar o trânsito com recursos digitais. 

Simplicidade, segurança e observalidade

Um dos pontos que a Cisco fez questão de ressaltar nos lançamentos e nas falas dos seus principais executivos diz respeito à necessidade de simplificar as tecnologias e as soluções. "O que puder ser entregue as a service, será entregue as a service", disse Robbins, lembrando que esse é o caminho para tecnologias que sejam a prova de futuro, ou seja, que possam ser permanentemente atualizadas.

Outro aspecto fundamental reforçado pela Cisco está relacionado à segurança. Toda as aplicações digitais, estando hoje em um ambiente virtual, requerem ainda mais cuidado com a questão de segurança.

Por fim, a visão da Cisco é que é preciso dar plena capacidade dos sistemas e plataformas enxergarem o que acontece na rede, em todos os dispositivos conectados, inclusive com IoT, e essa abordagem foi buscada nos lançamentos mais recentes das ferramentas de gerenciamento de rede e tráfego. (O jornalista viajou a convite da Cisco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.