Pendências podem emperrar licenças de Telemar e Embratel

As pendências não resolvidas entre operadoras poderão atrasar a liberação de novas licenças para a Telemar e Embratel, como ocorreu com a Telefônica. A Anatel deve exigir que a operadora local tenha assinados contratos negociados com suas concorrentes, como o unbundling por exemplo. E no caso da Embratel, a questão da interconexão de seu backbone IP com a Intelig, que já vem se arrastando há mais de um ano e meio, também terá de estar solucionada antes de a Anatel dar o sinal verde para atuação em outras áreas. Após encerrar o 5º Seminário Telecom, nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, o novo presidente da Anatel, Luiz Guilherme Schymura, declarou que a licença da Telemar deve ?demorar um pouco mais? do que a previsão fornecida pelo conselheiro Luis Tito Cerasoli. Ou seja, segundo Schymura, a certificação não deve sair na segunda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.