Telefonia fixa da Oi ainda perde base, mas há aumento na banda larga, TV e telefonia móvel

Nos resultados operacionais da Oi divulgados juntamente com o balanço do primeiro trimestre, o destaque positivo foi a ampliação das bases de banda larga fixa, TV paga e telefonia móvel. Mas o segmento de telefonia fixa sofreu forte queda nos últimos 12 meses e mesmo no primeiro trimestre do ano, com a Oi já intensificando a oferta de pacotes combinados, ainda há perda de base. O segmento residencial como um todo perdeu 2,3% da base entre março de 2011 e março deste ano, fechando o período em 17,8 milhões de clientes. Destes, os assinantes de telefonia fixa em março eram 12,8 milhões (queda de 7,8% no ano e 1,6% na comparação com a base de dezembro do ano passado); 4,6 milhões de banda larga fixa (aumento de 15,4% no ano e 4,6% no trimestre), e com o detalhe que a Oi já divulgou ter passado, em março, a marca dos 5,2 milhões se somados os usuários corporativos; e 396 mil assinantes de banda larga (crescimento anual de 16,1% e 12,8% no trimestre, o que reflete o esforço recente de vendas). A Oi destaca uma desaceleração no ritmo de  queda de base fixa, o que é importante porque, juntamente com essa base, tem sido registrada também uma queda na receita média por usuário (ARPU) dos serviços fixos, que foi de R$ 63,1 no primeiro trimestre deste ano, 4% a menos do que no mesmo período de 2011. Em março deste ano, 48% das residências atendidas pela Oi tinham mais de um produto fixo, e a velocidade da banda larga fixa já está, na média, em 2,6 Mbps, sendo que 24% dos clientes têm mais de 5 Mbps e 12% mais de 10 Mbps.

Notícias relacionadas
No segmento móvel, a Oi cresceu 12,2% entre março de 2011 e março deste ano, fechando o período com 44,1 milhões de clientes, dos quais 5,6 milhões pró-pagos ou no plano Oi Controle. A estratégia da operadora é ampliar este segmento com a ampliação das ofertas de estímulo ao tráfego on-net, incluindo chamadas fixo-móveis.

No segmento corporativo, a Oi tinha 8,11 milhões de unidades geradoras de receita em março deste ano, sendo 5,2 milhões de linhas fixas, 535 mil acessos banda larga e 2,4 milhões de acessos móveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.