Operadoras tomam medidas para ampliar acesso durante crise do coronavírus

Foto: Pixabay

A Claro também anunciou medidas com o propósito de contribuir com o bem estar de seus clientes durante a crise do coronavírus (Covid-19). A operadora anunciou medidas já a partir deste sábado. Entre elas:

  • Aumento gradativo das velocidades da banda larga fixa, sem custo e a todos os clientes. Como é uma medida que exige adaptação da rede, ela será implementada aos poucos, principalmente no período diurno, quando há mais capacidade ociosa da rede, mas beneficiando as necessidades de quem precisa trabalhar ou estudar remotamente.
  • Na rede móvel também será concedido bônus gradativo de franquia nos planos pós-pagos. Haverá ainda um bônus de 100 MB para clientes pré-pagos quando o limite contratado esgotar. Para utilizar os benefícios, os clientes precisarão assistir antes um vídeo de campanha de conscientização do Ministério da Saúde.
  • A rede Wi-Fi da Claro (#NET-CLARO-WIFI) está sedo liberada a qualquer usuário, mesmo aqueles que não clientes da operadora, em todos os locais públicos (aeroportos, parques e restaurantes, por exemplo). Da mesma forma que o acesso móvel, o benefício será concedido para aqueles que aceitarem assistir à exibição dos vídeos do Ministério da Saúde de conscientização e campanhas de prevenção.
  • Em breve será liberado o acesso do aplicativo Coronavírus SUS, do Ministério da Saúde.
  • Vários canais pagos da Claro TV estão sendo abertos sem custos e por tempo indeterminado, assim como conteúdos jornalísticos e alguns canais via app do Now, de forma geral (inclusive não clientes) e gratuita. A operadora informará a disponibilidade de canais à medida que os benefícios forem sendo concedidos e o período de liberação.
  • O canal do cliente da Claro TV dará divulgação permanente do material informativo do Ministério da Saúde. O mesmo conteúdo estará disponível nas redes sociais da Claro.
  • Clientes da Claro Clube que adquiriram ingressos a eventos esportivos e culturais serão reembolsados em caso de cancelamentos dos eventos.
  • A ideia é promover os mesmos benefícios na rede da Nextel, mas isso não deve acontecer imediatamente.

A Claro diz ainda que "pensando na saúde e bem estar de seus clientes e funcionários, a operadora buscará reduzir ao máximo os deslocamentos e visitas técnicas. Apenas casos críticos de falha ou degradação dos serviços serão atendidos, e para isso contamos com a colaboração e compreensão de todos".

*********************

TIM anuncia bônus de navegação no 4G

Após as medidas iniciais para cuidados internos divulgadas no final da semana passada, a TIM anunciou nesta quarta-feira, 18, a iniciativa de oferecer maior conectividade aos usuários durante a crise do novo coronavírus (covid-19). A operadora dará bônus de franquia 4G e para roaming, promoverá navegação gratuita (zero-rating) para o aplicativo Coronavírus SUS e para ferramentas de trabalho; e liberará acesso a certos conteúdos de entretenimento.

Os detalhes de todas as ações e o passo a passo para os clientes serão disponibilizados "em breve" no site da própria TIM. Até o final da manhã desta quarta-feira, ainda não havia informações na página da empresa.

"A experiência do Grupo TIM na Itália vem sendo importante para antecipar e adaptar as ações necessárias e ir ao encontro das exigências do período de combate ao coronavírus no Brasil. A TIM está confiante de que toda a sociedade estará unida e sairá ainda mais fortalecida deste desafio", afirma a operadora. A Itália é um dos países mais afetados pela crise da pandemia.

Medidas para os clientes:

  • 4G: os clientes com plano pós e controle receberão bônus de dados por meio do aplicativo Meu TIM. O pré-pago também terá franquia adicional de 100 MB por dia, atrelados a um vídeo educativo sobre o covid-19 no portal da TIM. Os SMS serão ilimitados. 
  • Roaming internacional: a operadora diz que vai liberar o dobro de dados em roaming internacional nos Estados Unidos e na Europa para os clientes que estejam fora do Brasil no momento. 
  • Trabalho: apenas para pós-pagos, a tele não vai descontar tráfego de dados nas ferramentas do Microsoft Office 365, liberando acesso a serviços como Outlook e Microsoft Teams (que oferece video, áudio e compartilhamento de documentos). 
  • Zero-rating: a TIM afirma que "em breve" oferecerá acesso livre ao aplicativo Coronavírus SUS aos clientes. O aplicativo do Ministério da Saúde traz notícias, orientações, atualizações e mapas com indicações de unidades de saúde.
  • Entretenimento: a operadora afirma que vai liberar gratuitamente plataformas TIM Games e Playkids. A companhia também afirma que alguns dos serviços over-the-top que já são oferecidos serão expandidos para outros planos.

************************

Vivo libera mais de 100 canais de TV paga

A Vivo atualizou nesta segunda, 16, o conjunto de medidas para lidar com a crise do novo coronavírus (covid-19). Para o usuário final, a operadora passou a incluir a abertura de canais de TV por assinatura e a navegação gratuita (zero-rating) 3G e 4G para o aplicativo Coronavírus SUS. Já para os clientes corporativos, a companhia também promoverá zero-rating para determinadas aplicações de trabalho. Além disso, publicou medidas internas para os funcionários e para a digitalização.

Além disso, a empresa assegura a continuidade da prestação dos serviços de banda larga e de celular. Segundo a operadora, a capacidade de transmissão de dados das redes fixa e móvel "está preparada, neste momento, para atender a potencial demanda adicional que deve seguir". O anúncio acontece após a Anatel ter enviado ofício às operadoras indicando medidas diante da crise do covid-19.Notícias relacionadasOperadoras tomam medidas para lidar com efeitos do coronavírus no BrasilClaro não quer ficar de fora da partilha da Oi móvel

A Vivo também criou um comitê de crise para atuar em ações relacionadas ao Covid-19. Com isso, no momento, promoverá as seguintes iniciativas:

Clientes que já têm a TV por assinatura da operadora contarão com mais de 100 canais abertos. A medida funcionará por um período de 15 a 20 dias, de acordo com cada programadora. O acesso inclui o streaming pelo aplicativo Vivo Play, sem nenhum bloqueio, pelo aparelho de preferência. 

Os canais abertos são: Futura HD, Bis HD, OFF HD, SporTV 3 HD, SporTV 2 HD, SporTV HD, GloboNews HD, GNT HD, Multishow HD, VIVA HD, Mais Globosat HD, Gloobinho HD, Discovery Kids HD, Gloob HD, Nick Jr. HD, TV Rá Tim Bum HD, Disney Júnior HD, Disney Channel HD, Disney XD, Tooncast, Nickelodeon HD, Cartoon Network HD, Boomerang HD, NAT GEO HD, ESPN Extra HD, ESPN Brasil HD, ESPN HD, ESPN 2 HD, Fox Sports HD, Fox Sports 2 HD, Bandsports HD, Woohoo, Bandnews HD, CNN, Bloomberg HD, Fox News, Climatempo, Discovery Theater HD, Discovery Channel HD, Animal Planet HD, History HD, History 2 HD, Nat Geo Kids HD, NAT GEO WILD HD, Discovery Turbo HD, Discovery Science HD, Travel Box Brazil HD, HGTV HD, Food Network HD, Dog TV HD, Discovery World HD, Discovery Home & Health HD, TLC HD, Fox Life HD, Lifetime HD, E! HD, Arte 1 HD, truTV HD, TNT Séries HD, PlayTV, Chef TV, Fish TV HD, MTV HD, FashionTV HD, VH1 Mega Hits, Warner HD, Sony HD, Fox HD, FX HD, AXN HD, A&E HD, Prime Box Brasil HD, TBS HD, TNT HD, Space HD, Cinemax HD, Comedy Central HD, Syfy HD, Studio Universal HD, Universal TV HD, Megapix HD, Canal Brasil HD, TCM, ID HD, Paramount HD, Curta! HD, Telecine Premium HD, Telecine Action HD, Telecine Touch HD, Telecine Fun HD, Telecine Pipoca HD, Telecine Cult HD, NHK World HD, Rai Itália, DW, SIC Internacional, Telefe, TV5Monde e TVE, Fox Premium 1 e Fox Premium 2.

Além de assegurar a rede de 3G e 4G, a Vivo diz que a navegação no aplicativo Coronavírus SUS será gratuita para todos os clientes de celular pré-pago e pós-pago. Com o zero-rating, os dados consumidos não descontarão da franquia dos planos ou dos créditos. 

A Vivo Empresas não descontará franquia de dados de ferramentas de colaboração como Microsoft Teams e Cisco Webex. A operadora ainda disponibiliza o aluguel de notebooks, tablets e desktops pelo Vivo Tech. A ideia é proporcionar aparelhos com seguro e manutenção para permitir trabalho remoto.

De acordo com a Vivo, todas as recomendações do Ministério da Saúde estão sendo adotadas. A comunicação interna da operadora está instruindo funcionários a seguirem as práticas sugeridas. O trabalho remoto também foi ampliado em relação à prática que a operadora já adotava. 

Além disso, a tele estabeleceu parceria com o Eistein um serviço de Pronto Atendimento Virtual-Telemedicina para os funcionários e dependentes do plano de saúde. A parceria visa atendimento médico com comodidade e diminuição de exposição ao pronto-socorro. A consulta online pode ser feito 24 horas por dia pelo computador ou celular. 

Funcionários vindos de outros países, mesmo sem sintomas, ou que tiveram contato com pessoas que chegaram do exterior, deverão ficar em home office por 14 dias. Além disso, o protocolo de quarentena será adotado para gestantes, adultos com 60 anos ou mais e doentes crônicos, como diabetes, doença renal/hemodiálise, doenças respiratórias, tratamento oncológico e tratamento por problemas imunológicos.

"Todas essas medidas podem ser incrementadas em breve para apoiar as pessoas e as empresas, além dos funcionários da Vivo e toda a sociedade, nesta emergência social e de saúde", declara a operadora.

*************************

Oi abre sinais de TV paga e avalia ampliação de serviços

Diante da perspectiva de tempos difíceis para lidar com a pandemia do novo coronavírus (covid-19), as operadoras estão se mobilizando para garantir os serviços de telecomunicações para a população. Neste sábado, 14, a Oi liberou o acesso de canais de TV por assinatura para todos os clientes, seguindo recomendação dos governos. A ideia é proporcionar acesso às informações sobre a doença. Já no domingo, 15, a operadora disse que está reavaliando diariamente as ações. Isso está sendo feito por meio de um comitê de acompanhamento multidisciplinar. Essas iniciativas também estão sendo "alinhadas com as demais empresas do setor e o órgão regulador, em ação integrada que possibilite amplo alcance".

Também no domingo, a Anatel indicou medidas para que as teles ampliem acesso a serviços, incluindo banda larga e telefonia móvel. Além disso, pediu indicação de representantes das teles para reportarem sobre a situação, com uma reunião de emergência prevista para o início desta semana. 

A Oi diz que está "analisando como facilitar e ampliar o acesso dos usuários às informações disponibilizadas pelas autoridades sanitárias brasileiras, com franquia gratuita de dados de banda larga para acesso de URLs prioritárias (como por exemplo de endereços de sites de instituições governamentais). Além disso, disponibilizará o envio de mensagens de texto com informações das autoridades para todos os seus usuários, de forma gratuita."

Ainda no sábado, a Oi havia liberado o sinal de canais para todos os clientes dos seus serviços de TV por assinatura, tanto para satélite quanto para IPTV (ou seja, pela fibra). Os sinais dos 14 canais (Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, H2, Lifetime, Cinemax, Sony, os canais Telecine, Comedy Central, VH1 Megahits e Paramount) estarão abertos até 28 de março para clientes de todas as regiões do País.

Outra iniciativa é o reforço de plantões de implantação, reparo e manutenção de serviços para garantir as "prioridades técnicas e operacionais". A Oi está acompanhando as atividades de negócio e atendimento a clientes e "demandas da sociedade" por meio do CGR. Segundo diz a empresa, as instalações de fibra estão sendo muito procuradas, sendo consideradas "críticas".

Da mesma forma, os serviços de autoatendimento digital tiveram acesso ampliado, de acordo com a operadora. A ideia é garantir maior agilidade para efetuar pagamento, emissão de segunda via e solicitação de serviços e reparos. 

***********************

Algar amplia velocidade da banda larga fixa

A Algar Telecom também anunciou nesta quarta-feira, 18, medidas para ampliar a conectividade e acesso a conteúdo diante da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A operadora mineira vai liberar de forma gradativa o aumento da velocidade da banda larga fixa, enquanto a TV paga terá mais canais acessíveis em toda a base no período. Por enquanto, não há medidas direcionadas ao serviço de celular 3G e 4G, mas a empresa diz que está avaliando novas iniciativas.

Todas as atuais medidas serão concedidas pelo menos até o dia 31 de março, diz a tele. As informações estão reunidas em um site específico para lidar com a situação da crise, que pode ser acessado clicando aqui.

"De forma gradativa, clientes de Internet em fibra Algar com velocidade menor que 100 Mbps terão um upgrade de velocidade sem custo adicional, a fim de auxiliar as recomendações de adoção de home office e propiciar o maior uso de canais digitais", declarou a companhia em comunicado, falando da banda larga fixa. A TV Algar, serviço de acesso condicionado da operadora, terá "mais canais" liberados "para garantir o entretenimento e informação para seus usuários". 

Segundo a Algar, também haverá medidas específicas para empresas para endereçar as novas demandas. Será implantada de forma gradativa a ampliação da capacidade de tráfego para clientes com link dedicado, privilegiando os setores de saúde e educação.

A operadora de Uberlândia também criou um comitê para atuar em todas as ações relacionadas ao coronavírus. "A empresa reforça que estuda outras medidas para apoiar seus clientes, a sociedade e seus associados (como são chamados os colaboradores da empresa) a atravessarem este momento com segurança, bem-estar e conectividade", declara. 

***********************

Nextel manterá velocidade mesmo após limite da franquia

Ainda que controlada pela Claro, a Nextel anunciou individualmente nesta segunda-feira, 16, medidas para lidar com a crise do novo coronavírus (covid-19). A operadora diz que, desde domingo, aumentou a velocidade da Internet para todos que ultrapassarem o limite da franquia de dados, e sem custo adicional. Segundo a empresa, a velocidade fica "praticamente igual" se o usuário estourar o limite. 

A Nextel explica que já adotava a prática de acesso contínuo após a franquia de dados móveis, mas executando a redução de velocidade. Segundo a empresa, a nova medida visa atender aos clientes que vão reduzir a mobilidade e aumentar o volume de interações online, chamando o momento de "desafiador". 

"Compreendendo a gravidade do atual momento e alinhada ao conjunto de iniciativas implementadas pela Claro, empresa da qual passou a fazer parte no final de 2019, a Nextel concentrará seus esforços no sentido de contribuir com a sociedade brasileira e de oferecer uma experiência de uso ainda mais satisfatória para seus clientes", diz a operadora. A empresa também declara que seguirá acompanhando a evolução da pandemia e "analisará a possível adoção de novas medidas". 

****************************

TV paga e lojas

Além das operadoras, as programadoras também estão se mobilizando para liberar o acesso ao conteúdo da TV por assinatura. Aqui damos maiores detalhes com o foco na TV paga.

Operadoras e fabricantes de celular 3G e 4G estão com medidas específicas para os funcionários e para as lojas. Reunimos as informações a respeito desse assunto nesta matéria.

Internacional

Outras operadoras estão tomando medidas semelhantes em outros países. A AT&T e a Comcast se disponibilizaram a aumentar a franquia de dados móveis, e inclusive a ofertar banda larga com maior velocidade para quem tem planos básicos. A Telefónica afirmou que faria o mesmo na Espanha, considerando expandir a prática para outros países conforme o desenvolvimento da pandemia nessas regiões.

11 COMENTÁRIOS

  1. Sou cliente Oi, e devo enaltecer as medidas não só da Oi como qualquer outra, porisso devemos observar que dentre tanta que presenciamos, tantas atitudes do bem para o nosso povo necessitado de atos glorificados

  2. Seria interessante. Nos como técnico em campo, receber o kit de higienização e máscaras. Como estamos diretamente no atendimento aos clientes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.