Assimetria regulatória prejudica cable modems, diz ABTA

Para o presidente da ABTA, José Augusto Moreira, as operadoras de TV a cabo só terão condições de competir com as teles na oferta de acesso rápido à Internet se houver equilíbrio de condições regulatórias para ambas. "Os acessos via ADSL deverão ocupar 80% do mercado de banda larga no Brasil nos próximos anos", prevê Moreira. Segundo ele, as teles levam vantagem no modelo implementado no Brasil por oferecerem ao mesmo tempo serviços de rede, conectividade e fornecimento de conteúdo, enquanto os provedores de serviços de dados via TV a cabo limitam-se ao fornecimento da infra-estrutura, compartilhado-a com outros provedores de acesso e conteúdo. Por isso, Moreira considera fundamental a implementação do unbundling, ou a desagregação vertical das redes das teles, de forma que elas também sejam obrigadas a dividir seus pares de cobre. O presidente da ABTA foi um dos palestrantes a se apresentar nesta quinta, 14, último dia do Seminário Internet em Alta Velocidade, realizado pela Converge Eventos em São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.