Publicado edital de privatização da Sercomtel

Foto: Pixabay

O município de Londrina divulgou o edital do leilão de venda de ações da Sercomtel, operadora que tem como controlador a própria prefeitura da cidade paranaense. Pelo edital serão disponibilizadas ações que permitirão ao compradores tornarem-se acionistas majoritários da empresa. Ou seja: isso significa o processo de privatização da empresa de telecomunicações.

Pelas regras do edital, serão integralizadas ações ordinárias no valor mínimo de R$ 130 milhões, em parcela única. A proponente que apresentar a melhor proposta deverá, obrigatoriamente, adquirir dez ações ordinárias pertencentes ao município de Londrina ao valor de R$ 1 mil cada, para que seja possível o exercício do direito de preferência. Ficam desobrigados de adquirir ações do Município os proponentes que já são acionistas da empresa.

Poderão participar do leilão, isoladamente ou em consórcio: pessoas jurídicas, entidades de previdência complementar e fundos de investimento. Não será permitida a participação em duplicidade de uma empresa, suas coligadas, controladas, controladora, ou sob controle comum, isoladamente ou em consórcio, ainda que com participações ou membros distintos entre si.

Serão aceitos como garantia da proposta as modalidades de caução em dinheiro, títulos da divida pública Federal, seguro-garantia e fiança bancária. Os documentos das proponentes poderão ser recebidos até o dia 31 de janeiro de 2020 e a divulgação do resultado de análise dos volumes está prevista para quatro de fevereiro de 2020.

Confira clicando aqui o edital com todas as condições para participação do leilão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.