Para Telemar, fato relevante não é necessário

Um executivo da Telemar acredita que as negociações entre iG e Telemar não exigem necessariamente o envio de um "fato relevante" à Bolsa já, porque as negociações ainda estão em curso. Além disso, segundo ele, o assunto estaria sendo divulgado amplamente pela imprensa, inclusive com as suas repercussões. Um fato relevante só deveria ser divulgado se o negócio for realmente fechado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.