Anomalia adia lançamento do Amazonas 4A, da Hispamar

Uma anomalia detectada em um dos últimos testes que antecedem o envio do satélite Amazonas 4A à base de lançamento fez com que a Hispamar, joint-venture entre Oi/Telemar e a espanhola Hispasat, adiasse o lançamento, programado para o dia 6 de dezembro. Em comunicado, a Hispamar afirma que "embora as análises realizadas indiquem que o risco é remoto, (…) a solidez e confiabilidade de seus satélites são uma prioridade, e qualquer desajuste que possa vir a ocasionar algum risco, por menor que seja, deve ser corrigido antes do lançamento de um satélite".

Segundo a operadora de satélites, o Amazonas 4A será lançado assim que os trabalhos forem finalizados, com nova data de lançamento a ser divulgada "em alguns dias".

Carona

A anomalia adiou não apenas o lançamento do Amazonas 4A, mas também o do satélite Astra 5B, da SES. Ambos seriam colocados em órbita pelo mesmo voo VA216 do foguete Ariane 5, da Arianespace, a partir da base de Kourou, na Guiana Francesa.

A data de lançamento desse voo já havia sido antecipada de "meados de dezembro" para 6 de dezembro, mas o lançamento do observatório espacial Gaia da Agência Espacial Europeia que deveria antecedê-lo entre novembro e dezembro teve de ser postergado para 20 de dezembro por uma falha que obrigou a substituição de transponders do observatório.

Agora, a estimativa da SES, também em comunicado, é de que o lançamento do Ariane 5 com ambos os satélites seja remarcado para janeiro de 2014.

Pesando três toneladas, o Amazonas 4 ocupará a posição  61° W e ampliará a capacidade da Hispamar, joint-venture entre Oi e Hispasat, na América Latina, para serviços de telecomunicações e TV. Já o Astra 5B, da SES, cobrirá a Europa Oriental.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.