Medida não corrige problemas passados

Segundo Paulo César Teixeira, encarregado pela Acel de acompanhar a elaboração do sistema, o cadastro vai começar do zero, ignorando as notificações de celulares roubados ou perdidos feitas às operadoras até a data de hoje. Teixeira lembra que cada operadora tinha seu próprio cadastro e a troca se dava no máximo com a concorrente local, mas como estes cadastros tinham características próprias, a Acel não se sentiu confortável em incorporá-los para evitar problemas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.