Telefónica eleva ofertas pela CTC do Chile

Depois de não conseguir a aprovação da mudança no estatuto da Compañia de Telecomunicaciones de Chile S.A. (CTC) que proíbe um mesmo grupo de controlar mais de 45% das ações, a Telefónica informopu nesta segunda-feira, 13, que elevou em 10% a oferta pelas ações da empresa. Assim, a Telefónica está oferecendo 1,1 mil pesos chilenos para as ações da série A e 990 pesos chilenos por cada ação da série B da CTC.
Diante da melhor proposta, a AFP Capital S.A., AFP Cuprum S.A., e AFP Provida S.A., titulares de mais de 10% das ações emitidas pela CTC, solicitaram à diretoria da empresa a convocação de uma nova Assembléia Extraordinária de Acionistas para aprovar a modificação de seus estatutos sociais. O período de aceitação da proposta vai até 30 de outubro. Em comunicado, a Telefónica informa que a transação, assumindo a aquisição da totalidade das ações às quais se dirige a oferta, representaria um investimento total de aproximadamente 691 milhões de euros, dependendo da taxa de câmbio ao final da oferta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.