Com SGDC, Gesac chega a 2 milhões de alunos conectados

Ministro Marcos Pontes em visita ao Rio Grande do Norte. Foto: Márcio Nascimento/ASCOM/MCTIC

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), a Telebras e a Viasat alcançaram a marca de dois milhões de alunos conectados com o Programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac). O atendimento às escolas é efetuado pela parceria entre a estatal e a operadora norte-americana, que fornece equipamentos terrestres e serviços conectados ao Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC). O número foi comemorado na última sexta, 9, em cerimônia em escolas dos municípios de Parnamirim e São Gonçalo do Amarante, ambos no Rio Grande do Norte.

A Telebras informou que já atende 8.900 pontos até o momento, dos quais 7.050 são escolas. Em comunicado, o presidente da estatal, Waldemar Gonçalves, ressaltou a importância do programa Gesac para o acesso dos alunos à conectividade, inclusive com capacidade para videoconferência.

Também em comunicado, a vice-presidente e gerente geral da Viasat do Brasil, Lisa Scalpone, considerou a marca um "excelente resultado para o Brasil, a Telebras e a Viasat". Segundo a executiva, o atendimento dobrou o número de alunos em três meses. "Estamos comprometidos em levar Internet para todos os cantos do Brasil, e essa marca é uma demonstração da nossa habilidade de oferecer Internet de banda larga para um grande número de pessoas no Brasil –  um dos mais importantes mercados de Internet via satélite", declarou ela.

O contrato entre Telebras e Viasat para atendimento ao Gesac com o SGDC foi liberado pelo Tribunal de Contas da União no final de outubro de 2018, embora a utilização da capacidade comercial em banda Ka só tenha sido autorizada em maio deste ano. Neste mesmo mês, o MCTIC e o governo federal anunciaram ter alcançado a marca de um milhão de alunos e 3,8 mil pontos de acesso em quase 3 mil escolas. 

Conforme anunciou nas próprias redes sociais no final de julho, o presidente Jair Bolsonaro tinha como objetivo chegar até o final deste ano a 6.500 escolas rurais com o Gesac. Até aquele momento, segundo o governo, haviam 4.500 instituições já contempladas (ou seja, bem menos do que foi anunciado na semana passada pelo próprio governo), "a grande maioria no Norte e Nordeste". O investimento estimado é de R$ 120 milhões/ano. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.