Pesquisa revela descrença das teles em relação a Joyn

As operadoras móveis não estão mais tão otimistas quanto já estiveram no passado em relação à Joyn, plataforma de comunicação multimídia apoiada pela GSM Association (GSMA) e considerada a evolução do SMS. É o que revela uma pesquisa realizada pelas empresas Mobilesquared e Tyntec com 40 teles do mundo inteiro. Apenas 7% dos respondentes consideram que a Joyn é a solução para combater a ameaça de serviços de mensagem e chamadas over-the-top (OTT), como WhatsApp, Skype e Facebook Messenger. Outros 29% disseram que a Joyn tinha o potencial para ser a solução se não tivesse demorado tanto para ser implementada (levou sete anos desde a sua elaboração conceitual). E 29% entendem que a Joyn não é a solução, enquanto 36% disseram não saber qual será o impacto dessa iniciativa sobre os serviços OTT.

A pesquisa também perguntou quais players OTT são considerados as principais ameaças ao negócio das teles. O WhatsApp ficou em primeiro lugar, apontado por 36%. Google e Facebook vêm em seguida, empatados com 21% cada. A Apple ficou em quarto, citada por 14% dos respondentes e o Skype foi lembrado por apenas 7%.

Se não pode vencê-los, junte-se a eles, diz o ditado. E as teles parecem dispostas a seguir esse conselho. De acordo com a pesquisa, 36% têm parcerias com serviços OTT. No ano passado, eram 32%. No Brasil, a Claro e a Oi já firmaram parcerias com o Facebook: a primeira recentemente suspendeu a cobrança de tráfego de dados para acesso à rede social e a segunda ofereceu o mesmo para seus assinantes no uso do Facebook Messenger.

Joyn

A Joyn é uma iniciativa comandada pela GSMA que consiste em um serviço interoperável de mensagens multimídias através das redes das operadoras com uma plataforma chamada RCS-e (Rich Communication Suite enhanced). É a evolução do serviço de SMS e MMS, agora totalmente sobre redes IP, o que permite interações multimídia durante chamadas de voz, como compartilhamento de arquivos, abertura de chamadas de vídeo etc.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.