Quantidade de telefones fixos continua a diminuir no Brasil em maio

Foto: Pixabay

A telefonia fixa caiu 1,27% e encerrou o mês de maio com 31,732 milhões de acessos, de acordo com a base de dados aberta da Anatel. Desse total, 53,8% são de concessionárias, enquanto as autorizadas estão com os outros 46,2% do mercado.

Desse total, o mercado está praticamente inteiro concentrando entre as maiores prestadoras. Em maio, 94,6% do total  – 30,020 milhões de linhas – eram de operadoras de grande porte. As pequenas detêm 5,4% do mercado, com 1,712 milhões de acessos.

Os acessos do serviço de telefone fixo comutado (STFC) por meio de operadoras de concessão totalizaram 17,082 milhões de linhas, uma queda de 1,04%. Foram 179,2 mil desligamentos na comparação com abril. 

Por sua vez, as autorizadas totalizaram 14,650 milhões de contratos em maio. Tanto proporcionalmente quanto em desligamentos líquidos (227,6 mil), a redução entre as autorizatárias foi maior do que a registrada nas concessionárias, com 1,53% em comparação com abril. 

Vale lembrar que, desde março deste ano, o número de acessos de telefonia fixa é menor do que os de telefonia fixa. Em maio, essa diferença já é de mais de 1,5 milhão de contratos – a banda larga encerrou o mês com 33,254 milhões de acessos, conforme analisado pelo TELETIME aqui. Em janeiro, a base de STFC teve a maior queda histórica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.