Smartphones pulverizam acesso dos consumidores à Internet ao longo do dia, revela Ericsson

O hábito dos consumidores em relação ao acesso à Internet está sendo radicalmente transformado pela popularização dos smartphones e de aplicativos móveis. Até pouco tempo atrás, o padrão de uso era entrar na Internet através de desktops poucas vezes por dia e realizar grandes transferências de dados. Agora, as pessoas fazem várias pequenas conexões ao longo do dia através dos smartphones. Essa é uma das conclusões de um estudo realizado pela Ericsson com pessoas no EUA, Europa e Japão.
Uma das descobertas que chama a atenção na pesquisa é que 35% dos usuários norte-americanos que têm smartphones acessam a Internet pelo aparelho antes mesmo de levantar da cama de manhã. Os momentos mais comuns de conexão à Internet pelo smartphone, contudo, são no começo da noite (65%) e no fim da noite (64%). Nem as refeições escapam: 51% acessam durante o almoço e 26%, durante o jantar.
O estudo da Ericsson também segmentou o uso ao longo do dia de acordo com o tipo de aplicação no smartphone. Os entrevistados responderam quais eram os três momentos do dia em que mais utilizam determinados serviços pelo dispositivo móvel. O acesso a redes sociais, por exemplo, acontece mais no fim da noite (34%) e na hora do almoço (26%). Visualização de email predomina no começo da noite (25%) e de manhã (24%). Navegação em sites acontece mais no fim da noite e na hora do almoço (26% ambas). O uso de games predomina no fim da noite (28%) e no almoço (23%). Música e GPS são mais fortes de manhã, durante a locomoção para o trabalho (28% e 29%, respectivamente).

Notícias relacionadas
O estudo conclui que o consumidor está cada vez mais dependente de serviços ligados à nuvem Internet e demanda conectividade em outros dispositivos além dos smartphones. 54% dos entrevistados disseram que gostariam de poder sincronizar dados de seus pendrives para seus desktops de qualquer lugar, via Internet. E 51% responderam que gostariam de fazer essa sincronização com sistemas online de armazenamento na nuvem. As câmeras também precisam se conectar: 49% dos entrevistados gostariam de enviar automaticamente suas fotos para um serviço de armazenamento na nuvem assim que elas fossem sacadas. Embora em menor grau, os consumidores demonstram interesse em conectar seus mp3s à coleção de músicas de seus computadores de casa através da Internet (36%) e de ter navegadores veiculares conectados para receber informações sobre o trânsito (31%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.