Terra testa publicidade em smartphones

A primeira experiência do portal Terra no Brasil com anúncios em formato de banners nas versões móveis do portal para smartphones foi realizada ainda em agosto do ano passado, durante a campanha de lançamento do Fiat Punto. De lá pra cá, segundo o diretor geral do Terra no Brasil, Paulo Castro, a empresa tem oferecido esse formato de publicidade para sua carteira de clientes como uma espécie de "degustação", para fomentar mais esse veículo de mídia. "É tudo muito novo, e o histórico de tráfego ainda é muito pequeno, mas temos certeza de que é um segmento que vai crescer muito no Brasil", acredita o executivo. Para ele, a navegação gratuita sustentada pela publicidade é uma forma de educar os usuários e massificar o acesso móvel à internet. "Mas durante os próximos cinco anos, os modelos de negócio de publicidade e patrocínio, de assinatura, e de pagamento por download ou por consumo deverão coexistir", observa Castro, que participou nesta terça do primeiro dia do 7º Tela Viva Móvel, promovido nestas terça e quarta-feiras, em São Paulo, pelas revistas TELA VIVA e TELETIME.
O Terra registra atualmente, de acordo com o executivo, uma média de 25 milhões de visitantes ao mês no portal móvel Terra Celular e cerca de 10 a 12 milhões de usuários únicos ao mês o acessam diretamente pelo portal wap. "E a tendência desses acessos é crescer exponencialmente".

Aparelhos

Notícias relacionadas

A chegada do iPhone ao Brasil e dos aparelhos de terceira geração devem impulsionar esses acessos. Assim, mesmo não considerando o desenvolvimento de uma versão móvel especial para o iPhone, como o portal Globo.com chegou a afirmar no início do ano que faria, já que as funcionalidades do iPhone permitem uma visualização do site do portal com experiência muito próxima da internet, Castro também não descarta a criação de widgets para serem incorporados ao iPhone. As estimativas do diretor do Terra são de que já existam entre 100 mil e 200 mil usuários de iPhone no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.