Telebras aumenta receita, mas também amplia prejuízo

Foto: pixabay.com/pexels.com

A Telebras aumentou a receita em 2016, mas também avançou no prejuízo, segundo balanço financeiro da companhia apresentado nesta segunda-feira, 13, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O relatório, auditado pela Bez Auditores, demonstra que a companhia registrou prejuízo de R$ 270,883 milhões em 2016, contra prejuízo de R$ 235,633 milhões no ano anterior (aumento de 14,96%). Com isso, a estatal acumula um prejuízo de cerca de R$ 770 milhões desde 2011.

A estatal justifica o resultado de 2016 com a elevação dos custos e despesas operacionais em 18%, além do aumento do resultado financeiro negativo (R$ 76,899 milhões, aumento de 12,76%). O EBTIDA (prejuízo) em 2016 foi de R$ 144,624 milhões, 40,6% acima do registrado em 2015.

A receita operacional líquida da Telebras no ano passado foi de R$ 56 milhões, aumento de 24,3% em comparação com o ano anterior. A empresa alega que o resultado é fruto do aumento de 63% da base de clientes (282, entre provedores e entidades governamentais) e da quantidade de Mbps faturado, que cresceu 94,4% e atingiu 191.625 Mbps ao final de 2016. Somente com serviços de banda larga, a receita bruta foi de R$ 74,486 milhões, avanço de 35,2%.

Os custos operacionais aumentaram 18% e ficaram em R$ 195,186 milhões. A depreciação e a amortização foram reduzidas em 23,6% e fecharam o ano em R$ 49,311 milhões. O patrimônio líquido da empresa foi de R$ 500,1 milhões negativos ao final de dezembro passado.

O orçamento total da Telebras foi de R$ 803,6 milhões aprovados em 2016, dos quais 39,8% (R$ 319,5 milhões) foram realizados. A maior parte (R$ 267,4 milhões) foram destinados ao satélite, seguido do PNBL (R$ 46,3 milhões). Em se tratando do Plano, a maior parte dos recursos foi para a região centro-oeste (R$ 20,3 milhões), seguida do Sudeste (R$ 8,941 milhões), Norte (R$ 7,933 milhões), Nordeste (R$ 6,103 milhões) e Sul (R$ 3,114 milhões).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.