Entrega do anel de fibras de subsidiária da Petrobrás deve atrasar

Parece que a Telebrás terá que esperar um pouco mais para interligar seu backbone às fibras da TAG, subsidiária da Petrobras que administrará um anel ótico e um gasoduto que passarão pelo Rio de Janeiro e Catu, no interior baiano, e chegarão à Pecém, no Ceará.

Isso vai ocorrer porque a licitação do projeto atrasou e a entrega do gasoduto e das fibras será postergada para o final deste ano. A meta inicial da Petrobrás era ter a estrutura pronta até, no máximo, a metade deste ano.

Segundo uma fonte ouvida por TELETIME, o projeto ainda está em licitação e o novo cronograma prevê a entrega das obras para o final deste ano, com um atraso de aproximadamente seis meses.

Este anel de fibras é do interesse da Telebrás, que pretende capilarizar sua rede na região Nordeste do País. Ambas as estatais já vinham negociando o compartilhamento desses cabos desde o ano passado. Procurada por TELETIME, a Telebrás não se pronunciou sobre a possibilidade de um atraso também em seus planos de expansão no Nordeste, por considerar o assunto como "confidencial".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.