Operadoras terão de diminuir preço de banda larga, diz J.P. Morgan

Embora o potencial de mercado seja grande no Brasil, as operadoras terão de reduzir consideravelmente os preços dos serviços de broadband para garantir sua expansão. Em números absolutos, e em dólares, as mensalidades médias do acesso rápido no País são bem inferiores às praticadas nos Estados Unidos. De acordo com dados do J. P. Morgan, naquele mercado, as tarifas oscilam em torno de US$ 45, enquanto no mercado brasileiro estão em US$ 34 para o ADSL e US$ 39 para serviços via cable modem. No entanto, quando levados em conta o PIB e o poder de compra da população dos dois países, os preços no Brasil estão de quatro a cinco vezes mais caros que os dos Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.