Publicidade
Início Teletime Após escândalo trabalhista, fábricas da Foxconn passarão por inspeção

Após escândalo trabalhista, fábricas da Foxconn passarão por inspeção

A Apple anunciou nesta segunda, 13, que sua rede de fornecedores finais será submetida a uma nova rodada de inspeção de condições de trabalho. Entre os locais submetidos à inspeção estão as fábricas da Foxconn nas cidades chinesas de Shenzhen e Chengdu, recentemente envolvidas em um escândalo de direitos humanos que abalou a reputação da empresa norte-americana.

Notícias relacionadas
As inspeções, que serão conduzidas pela Fair Labor Association, ocorrerão a pedido da própria Apple. Recentemente, o jornal The New York Times publicou acusações, atribuídas a um ex-executivo da empresa dos EUA, de que os funcionários da Foxconn estariam sendo submetidos a condições desumanas de trabalho, que incluiriam, entre outras coisas, jornadas de até 60 horas semanais.

Em comunicado distribuído à imprensa mundial, a Apple garantiu que toda a sua cadeia de fornecedores finais é submetida a revisões anuais desde 2006. A nova rodada de inspeções incluirá entrevistas com funcionários e avaliações das condições sanitárias das fábricas, além da checagem da documentação trabalhista.
A Foxconn, maior fabricante de iPhones e iPads do mundo, anunciou recentemente que planeja abrir mais cinco fábricas no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile