Publicidade
Início Newsletter Prefeitura de São Paulo e Lemann assinam acordo para Internet nas escolas

Prefeitura de São Paulo e Lemann assinam acordo para Internet nas escolas

Foto: Pixabay

A Prefeitura de São Paulo e a Fundação Lemann assinaram nesta quinta-feira, 13, um acordo de cooperação para executar o Programa de Conectividade de Escolas. A meta da administração da capital paulista é garantir que todas as unidades escolares da rede pública municipal tenham Internet “com qualidade de padrões internacionais” até 2023

Em comunicado, a Lemann afirma que oferecerá “apoio técnico para desenhar e implementar o plano de melhorias de conectividade para cada escola e ajudar as escolas de São Paulo a se conectarem ao mundo digital”, conforme explicou a gerente de conectividade da fundação, Cristieni Castilhos. A entidade lançou recentemente um programa para apoiar secretarias de educação a implantar banda larga para utilizar tecnologia no processo pedagógico. 

O Programa de Conectividade de Escolas realizará um diagnóstico da qualidade do serviço de Internet em cada unidade escolar. Para tanto, instalará um software gratuito desenvolvido pelo NIC.br em parceria com o Ministério da Educação, o Medidor Educação Conectada. 

Notícias relacionadas

Assim, a ideia é promover uma melhoria da velocidade contratada para “garantir Internet apropriada para o uso pedagógico”. O programa também prevê a compra de equipamentos de infraestrutura de Internet e de conectividade necessários para isso. 

O monitoramento será tornado público com os dados do Medidor, que já tem um projeto piloto em funcionamento na Diretoria Regional de Educação de São Mateus. A Prefeitura espera alcançar escolas nas outras 12 diretorias paulistanas. 

“Ao conectarmos as escolas com internet de qualidade estamos dando oportunidade aos alunos da escola pública de estarem conectados com o mundo digital, garantimos maior equidade. As ferramentas digitais são importantes aliadas também para que a escola possa reduzir as defasagens causadas pela pandemia na aprendizagem. A escola conectada é boa para o aluno e também para o professor”, afirmou Castilhos no comunicado da Fundação Lemann.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile