Investimento global em redes alcança US$ 73 bi no terceiro tri de 2019

Entre os meses de julho e setembro de 2019, o investimento realizado pelas principais operadoras de telecom do planeta somou US$ 73 bilhões, reportou a consultoria norte-americana MTN Consulting em relatório divulgado nesta segunda-feira, 13. Na comparação com o mesmo período de 2018, houve queda de 2,4% nos aportes.

Por outro lado, o valor foi maior que o investido globalmente no segundo trimestre do ano passado, ou US$ 50,2 bilhões. Já no período de 12 meses até setembro de 2019, o montante ficou em US$ 300 bilhões, apontando para queda de 1,7% no consolidado.

Segundo a firma norte-americana, ainda que as teles estejam iniciando o investimento necessário para a implantação de 5G e ampliando a aposta em negócios de mídia, a postura do setor está mais cautelosa na medida que avisos de um recessão global se intensificam. "Poucas empresas de telecomunicações têm espaço em seus orçamentos para fazer alarde de investimentos em 5G", pontuou o relatório.

"As margens de lucro permanecem apertadas, o que não é novo para o setor de telecomunicações. Porém, as operadoras estão ficando mais preocupadas com a dívida e mais interessadas em redes abertas, parcerias na nuvem, spin-offs de ativos e outras táticas para reduzir os requisitos de investimento", prosseguiu a consultoria. Neste contexto, a MTN também chamou atenção para o cenário aquecido de fusões e aquisições (M&A), não sem observar que lidar com o endividamento após tais movimentos tem se mostrado um desafio.

Do ponto de vista do faturamento, a MTN Consulting apontou o quinto trimestre consecutivo de queda nas receitas globais do setor entre julho e setembro do ano passado: houve recuo de 0,6%, para US$ 450 bilhões. A empresa acompanhou os resultados de 131 empresas que, juntas, empregam 5,1 milhões de funcionários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.