Nokia cria estratégia e arquitetura para Indústria 4.0

Com objetivo de focar em indústria 4.0 consolidando Internet das Coisas (IoT) e outras tecnologias, a Nokia criou uma "estratégia e arquitetura" dedicada exclusivamente para o produtividade e crescimento econômico em setores como manufatura, logística, transporte, energia, governo e cidades. Batizada de "Future X for industries", a iniciativa é uma espécie de laboratório criado com a divisão de pesquisa e desenvolvimento Bell Labs, incorporada com a fusão com a Alcatel Lucent. Segundo a empresa finlandesa nesta segunda-feira, 12, a unidade vai reunir também portfólio em edge computing, inteligência aumentada, realidade virtual e análise avançada de segurança para a transformação digital.

A arquitetura Future X for Industries pretende atender a camada de aplicações de negócios, com integração de aplicações específicas para cada segmento sobre manutenção preditiva, força de trabalho, eficiência, segurança e otimização de ativos. Já para plataformas de valor digital, propõe automação industrial com operações digitais e análise cognitiva. Na camada multi-cloud, pretende entregar proximidade e elasticidade nas análises. Por sua vez, endereça a camada de rede de alta performance ao oferecer conectividade "específica e ultraconfiável" para força de trabalho, dispositivos, máquinas, ferramentas, nuvens, parceiros e clientes. Todas as camadas contam com tratamento de cibersegurança fim a fim para cuidar dos processos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.