Exército pretende estender testes com 700 MHz até dezembro de 2014

Desde maio de 2012, o Exército brasileiro e a Motorola Solutions vêm testando a aplicação do LTE na faixa de 700 MHz em Brasília. Agora, a parceria anuncia que o projeto, que teve investimento de US$ 2 milhões por parte da empresa, teve "bons resultados". Tanto que os militares deverão pedir à Anatel a renovação do uso da faixa para seguir com testes até dezembro de 2014.

Em comunicado, a Motorola Solutions afirma que o Exército pretende estender os testes para aproveitar a experiência para contar com "uma solução mais operacional" durante a Copa do Mundo de 2014. Além disso, o órgão de defesa pretende agregar novas agências do setor público que possam se beneficiar da rede integrada e compartilhada.

Os testes foram feitos com a instalação de três sites na capital federal, dando cobertura de rede para a Esplanada dos Ministérios e áreas de interesse do Exército, como aeroporto e infraestruturas críticas. Entre os benefícios do uso do LTE para segurança está a possibilidade de aplicações de vídeo, push-to-talk via IP, mensagens de texto, aplicações na web e transmissão em tempo real para a sala de comando do Exército.

Duas ocasiões mostraram as vantagens do sistema em 700 MHz para o órgão: a Copa das Confederações, quando o Exército conseguiu operar nas imediações do estádio Mané Garrincha, apesar de problemas na rede móvel comum; e o uso de vídeo em viaturas durante as manifestações populares em Brasília, em junho de 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.