Procon/DF fecha loja da Brasil Telecom

Uma das maiores lojas da Brasil Telecom em Brasília foi fechada na manhã desta sexta-feira, 12, pelo Procon/DF. O motivo da intervenção é o grande número de reclamações contra a concessionária, que é líder no ranking de críticas recebidas pelo órgão de defesa do consumidor no Distrito Federal.
A loja lacrada foi a do Conjunto Nacional, shopping que fica na região central de Brasília. O estabelecimento foi escolhido por ter alto número de queixas no Procon, mas a entidade não informou se ele é o primeiro colocado na lista de falhas no atendimento ao cliente dentre as lojas da Brasil Telecom.
A equipe do Procon foi escoltada por policiais da Delegacia do Consumidor e chegou à loja por volta das 11h. Foram entregues à gerente cópias de todas as reclamações dos consumidores que estão pendentes. Segundo dados do Procon, desde março o serviço da concessionária gerou 4.342 mil queixas e a abertura de 112 processos administrativos.

Notícias relacionadas
A interdição da loja foi aplaudida pelos clientes e pessoas que passavam pelo local no momento, que chegaram a pedir que os policiais fechassem outras lojas de empresas de telecomunicações que estão situadas no Conjunto Nacional. Apesar dos pedidos, a ação do Procon ficou restrita ao estabelecimento da BrT.
Em nota, a Brasil Telecom disse que vai adotar as medidas judiciais cabíveis para reverter a situação. "A Brasil Telecom foi surpreendida pela ação do Procon do Distirto Federal, uma vez que a interdição das atividades comerciais de sua loja foi um ato sem qualquer manifestação prévia". Até o final do dia, a companhia ainda não havia conseguido uma liminar para reabrir a loja.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.