Projeto-piloto de Internet a cobrar é lançado no DF

O Ministéro das Comunicações anunciou nesta quinta, 12, o lançamento do projeto-piloto Banda Larga 0800. Serão disponibilizados 80 smartphones Samsung Galaxy pelas quatro principais operadoras móveis do País na cidade satélite de São Sebastião (DF). Os aparelhos poderão acessar gratuitamente um site desenvolvido pelo Minicom (bandalarga.0800.br) que contém informacões de interesse dos moradores como horário de ônibus, ofertas de emprego, agenda cultural e informações sobre concursos públicos.

Notícias relacionadas
O modelo da banda larga 0800 prevê que quem paga pela conexão é o provedor de conteúdo, e não o usuário. No projeto-piloto, como são somente 80 aparelhos habilitados, nem Minicom nem Governo do DF estão remunerando as operadoras. Segundo o ministro Paulo Bernardo, este modelo poderá ser usado, no futuro, por bancos – que já estimulam os correntistas a usar a Internet – e sites de comércio eletrônico. "Vale a pena a gente testar. Quem sabe não se torna uma modalidade de acesso. Ninguém vai dizer hoje que o 0800 da telefonia é desnecessário", disse ele. Segundo o ministro, um site de comércio eletrônico poderia, por exemplo, pagar a conexão daqueles usuários que entraram e fizeram uma compra. Vale destacar, contudo, que o modelo só faz sentido para usuários da banda larga móvel, já que na fixa se paga um valor mensal.

O diretor-presidente do SindiTelebrasil, Eduardo Levy, ressaltou que esse modelo não existe em nenhum lugar do mundo. "Essa é uma jaboticaba, mas uma jaboticaba boa,  disse ele, ressaltando os desafios de ter que aprender sem referências internacionais para desenvolver o modelo de negócio. Vivo, Claro, TIM e Oi disponibilizarão 20 aparelhos cada uma. A TIM informou que seus aparelhos estarão associados ao plano Infinity Pré, com crédito de R$ 15, e caso o celular seja usado para acessar outra página que não seja a bandalarga.0800.br, haverá cobrança de R$ 0,50 dos créditos, no dia que houver acesso.

No que se refere à regulamentação, Bernardo explicou que em princípio seria necessário apenas que a Anatel e o CGI.br trabalhassem na atribuição do domínio .0800, que não existe hoje. O ministro disse que ainda não sabe se seria necessário uma portaria do Minicom ou uma regulamentação adicional da Anatel para o serviço. Após o período de testes, que dura 15 dias, será definido o público-alvo, que poderá envolver pessoas que fazem parte de programas sociais do governo, como o Bolsa Família.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.