Fatos relevantes confirmam proibição de voto da Globalvest

As operadoras Telemig Celular e Amazônia Celular encaminharam nesta sexta, 12, à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) fatos relevantes comunicando a notificação que receberam da Anatel, em 2 de julho, proibindo o voto dos representantes da Globalvest nos conselhos de administração das holdings Telemig Celular Participações e Tele Norte Celular Participações.
Conforme noticiado por TELETIME News em sua edição de 4 de julho, o superintendente de serviços privados da agência reguladora, Jarbas Valente, assinou uma medida cautelar proibindo o voto dos conselheiros da Globalvest, a pedido do Opportunity. O banco gestor acusa a Globalvest de ter mudado o controle nas operadoras em conluio com a canadense TIW. A Globalvest já entrou com recurso administrativo na Anatel e na CVM contra a decisão de Valente. A empresa representa acionistas minoritários detentores de 24% das ações de Telemig Celular Participações e 12% em Tele Norte Celular Participações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.