Anatel ainda estuda novos mecanismos de acesso a espectro para leilão de 5G

Superintendente de Competição da Anatel, Abraão Balbino

Ainda nas discussões pós-consulta pública da proposta de edital do leilão de frequências, a Anatel estuda uma nova forma para o uso do espectro no País. "A Anatel tem se reunido quase diariamente para tratar do leilão de 5G e da revisão de espectro, para permitir que operadoras entrem no leilão, mas também dar condições. Seja por meio de mercado secundário ou via novos mecanismos que a Anatel vai criar para espectro, tanto para regionais como compartilhamento das grandes", disse o superintendente de competição da Anatel, Abraão Balbino, durante painel online "Futuro da Telecom", promovido pelo Ministério da Economia nesta sexta-feira, 12. 

O contexto do leilão de 5G é que, embora o regulador esteja disponibilizando mais espectro do que todos os anteriores somados (em grande parte por conta da faixa de 26 MHz, naturalmente com maior capacidade), há a preocupação de levar à escassez artificial. "Se colocar muito, significa abundância, então que não gerar dominâncias artificiais", diz Balbino. 

Vale ressaltar, contudo, que o uso em caráter secundário não é unânime. Nesta semana, verticais como a indústria de energia elétrica criticaram a proposta da agência de uso de espectro apenas dessa forma, "sem garantias".

Compartilhamento

A coordenadora de telecomunicações da secretaria de desenvolvimento da infraestrutura do Ministério da Economia, Nathalia Lobo, indica também que será necessário maior compartilhamento de infraestrutura, com desafio para grandes operadoras conseguirem novos negócios, além do surgimento de novas empresas para aplicações como Internet das Coisas e digitalização da economia. 

Evento

Nos próximos dias 22 e 23 de junho acontece o TELETIME Tec. Um dos temas em debate é a formatação do edital de 5G diante dos novos modelos de gestão de espectro. O superintendente de espectro, Vinícius Caram, discute o tema, com participação também de Martha Suarez, diretora da Dynamic Spectrum Aliance, e de representantes da Claro e da Abrint. Mais informações pelo site www.teletimetec.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.