DOCSIS 3.1 chega prometendo altas velocidades a redes HFC, mas há desafios de implantação

Os operadores de TV a cabo dos EUA estão convencidos de que as redes HFC terão condições plenas de atender às demandas futuras por velocidades na casa dos Gigabits, como as redes de fibra ótica. A mais recente promessa é o padrão DOCSIS 3.1, que deve ter sua padronização finalizada no final deste ano e que em 2015 deve chegar comercialmente ao mercado.

A expectativa é que com o novo padrão DOCSIS 3.1 redes antigas, de 500 MHz, consigam entregar velocidades de 5 Gbps.

Mas a transição não é simples, sobretudo porque o DOCSIS 3.1 precisa de uma grande quantidade de espectro para canal de retorno. A performance ideal é com pelo menos 200 MHz reservados para o retorno (hoje, redes de cabo com DOCSIS 2.0 trabalham com 6 MHz e redes DOCSIS 3.0, com 42 MHz livres para o retorno, tipicamente). Mas, uma vez refeita essa engenharia de espectro dentro da rede, o ganho é de 35% em relação ao máximo que se conseguiria com a modulação QAM (no caso do DOCSIS 3.1, a modulação é a OFDM, similar à que se usa na quarta geração de redes móveis, por exemplo).

Outro problema é que um canal de retorno tão amplo inviabiliza a compatibilidade reversa de muitos cable modems hoje existentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.