Publicidade
Início Newsletter Fust, PGMU e Gesac são suficientes para conectar escolas, diz ministro

Fust, PGMU e Gesac são suficientes para conectar escolas, diz ministro

Alunos utilizando computadores em escola pública

Na audiência pública que aconteceu nesta quarta-feira, 12, na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados, o ministro das Comunicações Fabio Faria afirmou que escolas urbanas e rurais poderão ser conectadas pelo programa Wi-Fi Brasil, que é a roupagem atual do governo para o programa Gesac, que utiliza capacidade do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC) da Telebras. Outras alternativas citadas foram novo Plano Geral de Metas de Universalização (PGMU) e com recursos do Fust, caso eles sejam descontingenciados.

O ministro das Comunicações foi indagado pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC) sobre a possibilidade de ter a conectividade das escolas como um dos compromissos do edital do leilão do 5G, conforme propôs a deputada Tabata Amaral ao Tribunal de Contas da União, e se essas escolas poderiam ser conectadas já com a tecnologia 5G. Faria lembrou que o edital já foi aprovado e está em análise pelo Tribunal. Se isso fosse colocado agora, poderia dar brecha para outros pedidos, como o de conectar unidades básicas de saúde, por exemplo. “O edital do 5G já está pronto. Já saiu da Anatel e está no TCU, que está fazendo todas as suas diligências”, afirmou o ministro.

O ministro das Comunicações afirmou ainda que no edital do leilão do 5G há o compromisso de conectar localidades acima de 600 habitantes com tecnologia 4G ou superior, e que nisto estão incluídas conectar todas as escolas dessas comunidades.

Notícias relacionadas

“Além disso, temos duas outras opções: os recursos do Fust, que poderão ser usados para garantir essa conexão, e o PGMU, que podemos usar para cobrir todas as escolas. O programa Wi-Fi Brasil já conecta escolas, levando em torno de mil escolas rurais por mês. E podemos usar o PGMU pode levar o resto”, afirmou o ministro das Comunicações.

Atualmente, disse Fábio Faria, o governo já levou Internet para 10 mil escolas rurais. “Só com o Wi-Fi Brasil conseguiríamos cobrir as escolas rurais. Mas vamos usar o PGMU para cobrir todas”, finalizou o ministro na audiência pública.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile