Câmara IoT do Minicom terá a participação do legislativo

O Ministério das Comunicações incluiu representantes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal na composição da Câmara de Gestão e Acompanhamento do Desenvolvimento de Sistemas de Comunicação Máquina a Máquina e Internet das Coisas (Câmara IoT). A nova composição foi tema de portaria publicada nesta quinta-feira, 12.

A Câmara, criada em 2014, tem como objetivo, entre outros, acompanhar a evolução e o surgimento de novas aplicações máquina a máquina e Internet das Coisas resultantes da desoneração do Fistel prevista no artigo 38 da Lei nº 12.715, de 2012; subsidiar a formulação de políticas públicas que estimulem o desenvolvimento de sistemas de comunicação máquina a máquina e Internet das Coisas voltados para setores prioritários; e promover e coordenar a cooperação técnica entre prestadoras de serviços de telecomunicações, fabricantes de equipamentos do setor de telecomunicações e entidades de ensino e pesquisa.

Além de representantes do legislativo, a Câmara IoT também agregará instituições de ensino e pesquisa que desenvolvam atividades relacionadas aos sistemas de comunicação máquina a má- quina e Internet das Coisas; desenvolvedores de aplicações para esses sistemas de comunicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.