Anatel adia deliberação sobre proposta de alteração do SeAC

A Anatel adiou a apreciação da proposta de alteração do regulamento do SeAC, prevista para acontecer nesta quinta-feira,12. Segundo o relator da matéria, conselheiro Marcelo Bechara, é possível fazer ajustes no texto que, depois de aprovado, ainda passará por consulta pública. O ponto mais polêmico da mudança em estudo pela agência é a revisão das regras de carregamento dos canais abertos pelas operadoras de DTH. A agência quer que as peradoras de TV paga via satélite prevejam, na hipótese de levarem sinais de redes abertas locais, a instalação de caixas híbridas, ou seja,  equipamentos de recepção da TV digital terrestre de forma integrada aos set-tops de TV paga.

Bechara disse que está buscando no mercado opções de caixas híbridas que possam reduzir custos para as operadoras de  DTH, uma vez que a ABTA, que representa as empresas do setor, trouxe à Anatel estudos que apontam para a necessidade de um investimento superior a R$ 4 bilhões para cumprir a nova obrigaçÃo.

A proposta da agência é que o equipamento de recepção dos sinais abertos por meio de caixas híbridas só seja obrigatório para aquelas emissoras de DTH que em uma determinada localidade levarem em seu line-up o sinal de alguma emissora local de TV aberta. A expectativa de Bechara é de que a proposta seja apresentada na próxima reunião da Anatel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.