Padtec fecha 2020 com crescimento nas receitas e no lucro

Em divulgação sobre os resultados operacionais de 2020 publicado nesta última quinta-feira, 11, a Padtec Holdings (única acionista da fornecedora de soluções óticas Padtec) anunciou um crescimento no lucro e nas receitas ao longo do ano passado, impulsionada sobretudo pela demanda por tecnologia DWDM.

Oficialmente na B3 desde o ano passado, a empresa registrou receita bruta de R$ 317,9 milhões (alta de 21,7%) e líquida de R$ 247,7 milhões (salto de 12,1%) em 2020. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) gerencial da companhia brasileira R$ 26,8 milhões, em crescimento de 10,8%.

Dessa forma, o lucro líquido da Padtec ao longo de 2020 somou R$ 16,3 milhões, em avanço de 39,2% sobre o ano anterior (R$ 11,7 milhões).

Notícias relacionadas

Demanda

Segundo a fornecedora, os resultados foram fruto de crescimento de 32,1% no volume de vendas da unidade de equipamentos DWDM: ao longo de 2020, foram R$ 269,7 milhões brutos faturados com a tecnologia, principalmente entre novos clientes provedores regionais, que ampliaram em 60% as compras com a empresa.

"O crescimento, que já vinha acontecendo em função do aumento do uso de redes de fibra ótica para aplicações residenciais e do 4G, foi acelerado pelo cenário de isolamento social decorrente da pandemia de covid-19 – que demandou das redes de comunicações mais serviços e maior capacidade de transmissão", afirmou a Padtec, na divulgação. Já o negócio de serviços premium da fornecedora teve receita bruta de R$ 48,1 milhões, em leve queda de 3,6% frente ao ano de 2019.

Investimentos

A empresa ainda reportou dados de investimentos, que somaram R$ 35,8 milhões ao longo de 2020. O valor inclui gastos com pesquisa e desenvolvimento (P&D), que representaram 14% do capex total.

Com 60% dos insumos com origem internacional, a Padtec também apontou uma pressão nos custos exercida pela variação cambial. Os gastos com materiais cresceram 24,2% em 2020, perfazendo R$ 96 milhões. Como as linhas de mão-de-obra e de fabricação de produtos recuaram, a empresa encerrou o ano passado com alta de 5,7% no custo de produtos vendidos e serviços prestados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.