Motorola começa a liberar Lollipop para Moto Maxx e Moto E

Conforme antecipado por este noticiário, alguns usuários brasileiros começaram a receber nesta semana a versão 5.0.2 do Android, o Lollipop, nos modelos Moto Maxx e Moto E. A distribuição do sistema operacional, por enquanto, está restrita a usuários que optaram por participar do programa de testes da empresa ("soak test") no cadastro do Motorola Feedback Network (MFN), mas isso indica que a atualização deverá sair em breve para os demais proprietários dos dois modelos de smartphone da empresa.

Notícias relacionadas
O soak test, que também está sendo realizado no México para o Maxx e na Índia para o Moto E, entrega uma versão do Lollipop que a Motorola considera finalizada, o que significa que não se trata de testes de um sistema beta, instável. Ainda assim, é nessa fase que os desenvolvedores da empresa verificam em maior escala e com rotina de uso se há ajustes necessários antes de liberar o software para o restante da base. "Como normalmente nós fazemos, vamos começar a liberar a atualização para um pequeno grupo de testes, e se os resultados forem fortes, vamos expandir o software para mais telefones", declara o diretor sênior de gerência de produtos da Motorola, David Schuster, em um comunicado no blog da empresa.

Caso não sejam necessários maiores ajustes, é provável que nas próximas semanas o Lollipop chegue aos usuários do Moto Maxx. Enquanto isso, outros smartphones da Motorola já estão recebendo a atualização do Android em larga escala, como o Moto G (de primeira e segunda geração) e o Moto X (também de primeira e segunda geração).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.